Loading...
Na escola 2016-12-16T11:30:25+00:00

Na escola

Se, por vezes, já é difícil as crianças lavarem bem as mãos e limparem-se bem depois de irem à casa de banho em casa, como conseguir com que mantenham bons hábitos higiénicos na escola? (Especialmente se não tiverem desenvolvido as suas capacidades tanto quanto você ou os professores gostariam.) Felizmente, não é tão difícil como pensa. Siga estes conselhos úteis!

COMO É QUE SE FAZ?

Reveja estes conselhos higiénicos com o seu filho. Ser-lhe-ão úteis quando estiver na escola e a qualquer momento.

• Como lavar as mãos

– Utiliza água e sabonete e esfrega as mãos para fazer espuma.

– Lava a palma e o verso das mãos, assim como entre os dedos..

– Esfrega as mãos durante 15 segundos, no mínimo, e passa bem por água.

• Quando lavar as mãos

– Antes de comer.

– Depois de brincar.

– Depois de ir à casa de banho.

– Ao voltar da escola.

• Estratégias para se limpar bem depois de ir à casa de banho.

– Depois de ires à casa de banho, limpa-te com papel higiénico até este sair limpo.

– Limpa-te partindo da frente para trás.

– Lava as mãos quando terminares.

O QUE PENSAM AS CRIANÇAS

• As crianças não se preocupam tanto com a higiene como os pais.

Muitas crianças não entendem porque é que é tão importante lavar as mãos (ou limparem-se depois de irem à casa de banho). O que lhes interessa é brincar. Lavar as mãos ou mesmo ir à casa de banho é uma “perda de tempo”.

• As crianças não pensam em lavar as mãos nem em limparem-se depois de irem à casa de banho.

Com certeza que isso nem passa pela cabeça do seu filho. Na verdade, o que está a pensar é: “Acabemos com isto de uma vez. Quero comer!” ou “A única coisa que quero é brincar com os meus amigos!”

• As crianças não se apercebem de que não se limparam bem até ser demasiado tarde.

Normalmente, as crianças só se apercebem de que não se limparam bem depois de irem à casa de banho quando é demasiado tarde. Algumas ainda estão a aprender e outras simplesmente têm pressa para voltar para as aulas. Mas o problema é que, possivelmente, não se apercebem de que não estão bem limpas até mais tarde, quando sentem comichão ou irritação na pele.

• Os lavatórios e os sanitários da escola podem parecer estranhos.

Embora a maioria dos sanitários das escolas sejam construídos à medida, algumas crianças podem sentir-se pouco à-vontade com algumas coisas. Talvez o lavatório ou a sanita sejam demasiado altos e as torneiras sejam diferentes das de casa, o que incomoda e confunde as crianças ou simplesmente não lhes é familiar.

• Los lavamanos y los aseos de la escuela pueden resultar extraños. Aunque la mayoría de los aseos de las escuelas están construidos a medida, algunos niños pueden sentirse incómodos con algunas cosas. Puede que el lavamanos o el wc sean demasiado altos y que los grifos sean distintos a los de casa, lo cual incomoda y desconcierta a los niños o simplemente no les resulta familiar.

CONSELHOS ÚTEIS PARA LAVAR AS MÃOS

Em primeiro lugar, relaxe. Lembre-se de que esta é uma fase pela qual o seu filho tem que passar. A boa notícia é que você pode contribuir para que o seu filho se desenvolva sozinho e adquira bons hábitos higiénicos.

• Fale com o seu filho

Se notar que o seu filho chega a casa com as mãos sujas ou que se constipa frequentemente, pode perguntar-lhe se lava bem as mãos na escola e rever com ele os momentos do dia em que é importante lavar-se. No entanto, algumas crianças põem-se na defensiva quando se aborda o tema. O especialista em educação infantil da Kandoo, o Dr. Lawrence Cohen, recomenda a abordagem denominada “diga aquilo que vê”. Pode dizer: “Vamos certificar-nos de que estás preparado”. Se a criança for maiorzinha e com mais experiência, pode perguntar-lhe: “Queres comprovar tu mesmo se terminaste?”. À medida que o seu filho se sentir mais cómodo e seguro, pode dar-lhe mais privacidade para que se limpe sozinho.

• Revejam juntos os passos que deve seguir ao lavar as mãos.

SSe o seu filho não lavar as mãos corretamente, talvez precise apenas de uma revisão. Tente novamente lavar as mãos com ele, mas devagar. Reveja todo o processo, mas de forma divertida. Cante uma canção durante 15 segundos, enquanto se ensaboam. Faça com que se formem muitas bolhas e assegure-se de que esfregam a palma e o verso das mãos. Lavem as mãos juntos diariamente e revejam os passos nos quais o seu filho possa ter problemas.

• Fale com o professor do seu filho

Pergunte ao professor quais são os hábitos higiénicos da escola e como pode ajudar o seu filho a adquirir as capacidades necessárias. Pergunte-lhe também quando é que as crianças lavam as mãos e quando vão à casa de banho. Quanto mais informada estiver, mais poderá ajudar o seu filho. Alem disso, pode explicar ao professor os problemas que o seu filho tem quando vai à casa de banho.

• Dê um exemplo de boa conduta higiénica.

O seu filho aprenderá muito vendo-a a si. Você ou a pessoa que tome conta do seu filho deverão lavar as mãos ao chegar a casa, antes das refeições, quando alguém estiver constipado e depois de brincar.

• Introduza os temas relacionados com a higiene nas brincadeiras.

Ser criança é brincar. Se o seu filho estiver a conversar com um dos seus peluches, pode sugerir-lhe que o ensine a lavar as mãos. Tente fazer o mesmo com a limpeza depois de ir à casa de banho e deixe que o seu filho realize a atividade com um boneco. Pode parecer um pouco ridículo, mas funciona.

• Incentive o seu filho a ser o professor em matéria de higiene.

“”Se o seu filho tem problemas para se lembrar como deve lavar as mãos ou limpar-se depois de ir à casa de banho, em vez de lhe dizer o que tem de fazer, pode incentivá-lo a explicar ele mesmo a um peluche ou a uma boneca. Pegue no seu ursinho e diga: ‘O ursinho precisa de um pouco de ajuda para ir à casa de banho.’ ou ‘O ursinho esqueceu-se de como deve lavar as mãos. Podes fazer de professor dele e explicar-lhe o que tem que fazer? És tão bom professor.’ Em caso necessário, formule perguntas orientadoras como: ‘O ursinho enxaguou-se durante 15 segundos?’ ou ‘Precisa de ajuda para se limpar?’ Desta forma, o seu filho tomará a iniciativa e aprenderá a ensinar. E você descobrirá o que é que ele sabe.”

“Si tu hijo tiene problemas para recordar cómo debe lavarse las manos o limpiarse después de ir al servicio, en lugar de decirle lo que tiene que hacer, puedes animarle a que lo explique él mismo a un peluche o a una muñeca. Coge su osito y di: ‘El osito necesita un poco de ayuda para ir al baño.’ o ‘El osito ha olvidado cómo debe lavarse las manos. ¿Puedes ser su maestro y explicarle lo que tiene que hacer? Eres tan buen maestro.’ En caso necesario, formula preguntas orientadoras como: ‘¿Se ha enjuagado durante 15 segundos, el osito?’ o ‘¿Necesita ayuda para limpiarse?’ De esta forma tu hijo tomará la iniciativa y aprenderá enseñando. Y tú descubrirás qué es lo que sabe.